• January 2015
    M T W T F S S
    « Dec   Feb »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Pages

  • Marginalia

  • Accumulations

Reuters-Veja | Dupla Sertaneja

Screenshot from 2015-01-28 18:15:01

Ante da divulgação de resultados 3T14 de Petrobras (minha tradução)

(Reuters) – Petroleiro estatal Brazilian pode sofrer uma cobrança de R$ 52 million (US$ 20 billion) nos resultados do terceiro semestre para reduzir o valor de alguns bens, disse um blog da revista Veja.

O blog Mercados não blog especificou quais areas seriam alvejado pela depreciação, e disse que o Petrobras contratou Deloitte Consulting LLP para ajudar saber o “tamanho e abrangência” dos planejamentos.

O resultados do terceiro semestre, originalmente marcados para divulgação em novembro do ano passado, foram adiados na esteira de um inquérito sobre corrupção no estatal, e após PricewaterhouseCoopers recusou certificar as contas da empresa.

O blog Mercados não blog especificou quais areas seriam alvejado pela depreciação, e disse que o Petrobras contratou Deloitte Consulting LLP para ajudar saber o “tamanho e abrangência” dos planejamentos.

O valor do enfraquecimento fica 42% do valor de mercado de Petrobras (PETR4.SA)r cinco anos, além de um plano de $221 million revelado no último ano, embora avisou no dezembro que iria cortar custos.

O blog Mercados não blog especificou quais areas seriam alvejado pela depreciação, e disse que o Petrobras contratou Deloitte Consulting LLP para ajudar saber o “tamanho e abrangência” dos planejamentos.

O resultados do terceiro semestre, originalmente marcados para divulgação em novembro do ano passado, foram adiados na esteira de um inquérito sobre corrupção no estatal, e após PricewaterhouseCoopers recusou certificar as contas da empresa., segundo o blog Mercados, de Veja, citando «fontes pertas à empresa». Uma vozeira da estatal recusou comentar sobre o fato mas reiterou o plano de divulgar resultados do terceiro semestre essa terça-feira.

Acabam de ser divulgadas.

No último cinco anos, além de um plano de $221 million revelado no último ano, embora avisou no dezembro que iria cortar custos.

O blog Mercados não blog especificou quais areas seriam alvejado pela depreciação, e disse que o Petrobras contratou Deloitte Consulting LLP para ajudar saber o “tamanho e abrangência” dos planejamentos.

O resultados do terceiro semestre, originalmente marcados para divulgação em novembro do ano passado, foram adiados na esteira de um inquérito sobre corrupção no estatal, e após PricewaterhouseCoopers recusou certificar as contas da empresa.

O valor do enfraquecimento fica 42% do valor de mercado de Petrobras (PETR4.SA)r cinco anos, além de um plano de $221 million revelado no último ano, embora avisou no dezembro que iria cortar custos.

O blog Mercados não blog especificou quais areas seriam alvejado pela depreciação, e disse que o Petrobras contratou Deloitte Consulting LLP para ajudar saber o “tamanho e abrangência” dos planejamentos.

O resultados do terceiro semestre, originalmente marcados para divulgação em novembro do ano passado, foram adiados na esteira de um inquérito sobre corrupção no estatal, e após PricewaterhouseCoopers recusou certificar as contas da empresa., segundo o blog Mercados, de Veja

Screenshot from 2015-01-28 18:15:01

Mais tarde, o Reuters no inglês avaliou o significado do relatório de hoje — disponível no site do SEC, chamao EDGAR. Eu traduzo logo depois.

Jan 28 (Reuters) – Brazil’s Petrobras released delayed unaudited third-quarter results on Wednesday, but the state-run oil company’s shares slumped as it left investors in the dark over the financial impact of a multibillion-dollar corruption scandal.

Petroleo Brasileiro SA, as Petrobras is formally known, reported quarterly net profit slid 9.1 percent from the year-ago period to 3.09 billion reais ($1.20 billion). It postponed an initial plan to publish the results in November after a stream of corruption allegations snowballed into a nationwide scandal.

The much-anticipated results, however, did not include what investors most want to know: a rough estimate of how badly corruption over-valued the company’s assets. The state-owned oil company reversed an initial decision to include such writedowns under pressure from its chairman, who is close to Brazil’s ruling Workers’ Party, a person with direct knowledge of the situation told Reuters.